7 motivos para cuidar da boca do seu pet

  • Acabe com o mal hálito. O cheiro ruim na boca de muitos animais é provocado por gases que as bactérias da placa sub gengival produzem. Mantendo a boca do seu animal sempre saudável o cheiro se torna muito mais agradável, melhorando o convívio com esses membros da família.
  • O tártaro prejudica a saúde do seu animal. A doença periodontal, é provocada pelo tártaro e atinge 90% dos cães ao longo de sua vida. Podendo causar problemas como mal hálito, abcessos, perda dos dentes e até fratura de mandíbula em raças pequenas. Em casos crônicos as bactérias podem chegar a circulação sanguínea e se alojar em locais como rins, coração e pulmões.
  • Filhotes também precisam de cuidados orais. Filhotes até 6 meses devem ter trocado todos os dentes. O estimulo para o dente de leite cair é a erupção do dente permanente. Se o permanente já nasceu e o de leite não caiu dificilmente irá cair por não ter estimulo. A placa bacteriana adere entre o permanente e o de leite destruindo o osso que suporta o dente permanente. Muito comum em raças micro.
  • Dor de dente. Um dente fraturado pode ter a polpa exposta, o que causa muita dor aos cães e gatos, apesar de muitas vezes não demonstrarem. Uma polpa exposta por muito tempo morre e as bactérias que entram pelo canal do dente podem causar abcessos, e muita dor.
  • Aumente a qualidade de vida e a longevidade do seu pet. Uma boca sempre limpa e saudável deixa seu cão e gato mais alegres. Pequenos tumores orais quando diagnosticados precocemente são retirados com segurança e tem um ótimo prognóstico. Os tumores orais representam cerca de 6 % de todos os tumores que os pets podem ter, e frequentemente são malignos.
  • Não só os dentes provocam dor. Alguns cães e com mais frequência gatos apresentam uma hipersensibilidade a placa e tem uma resposta inflamatória exagerada. Alguns chegam a formar ulceras na boca e gengiva o que causa muita dor, mal cheiro e dificuldade em se alimentar.
  • Gatos podem sofrer silenciosamente.7 em cada 10 gatos apresentam uma doença que o próprio organismo destrói a raiz e coroa dos dentes. O primeiro sintoma pode ser a gengiva crescendo em cima dos dentes. Gatos instintivamente escondem a dor. Mas um dono atento pode perceber pequenos sintomas como salivação e dificuldade em se alimentar.

 

O Dr. Leonardo Zeemann é Odontologista do Hospital Popular de Medicina Veterinária