Castração é um ato de amor!

Castração é amor!

O Novembro Azul é marcado por campanhas de conscientização e prevenção ao câncer de próstata e nossos pets também sofrem com doenças relacionadas a essa glândula. Porém, diferente dos humanos, o tumor é mais raro nos animais.

A doença de próstata mais comum é a hiperplasia prostática benigna (quando há um aumento da glândula no animal). Nosso oncologista Veterinário Plinio Araujo (CRMV 8070) nos deu algumas dicas de como diagnosticar e prevenir a doença no seu pet.

“A prevenção é feita a partir da castração precoce, antes do pet atingir a puberdade. Ou seja: entre 7 e 10 meses de idade para cão de pequeno e médio porte e 6 meses para gato. Caso o cão seja de raça grande ou gigante, a puberdade é um pouco mais tardia, em média com 12 meses de vida”, informa Plinio.

A castração precoce além de prevenir o animal contra o aumento de próstata, também ajuda em outros aspectos, como:

  • reduz a fuga do animal para procurar fêmeas;
  • ameniza a agressividade;
  • diminui a marcação de território;
  • minimiza a chance de tumores testiculares, e
  • ajuda no controle populacional de animais.

 

ENTENDA O CASO

A próstata é uma glândula sexual acessória que tem como função produzir fluído prostático que ajuda na movimentação do espermatozoide. O tumor de próstata mais comum é o Adenocarcinoma e pode ocorrer em machos castrados e não castrados.

“Ainda não há evidências de que essas neoplasias, ou seja: os cânceres de próstata, estejam ligados aos hormônios sexuais masculinos”, alerta Plinio Araujo.

Em casos em que o animal apresente somente o aumento da próstata (Hiperplasia Prostática Benigna) a castração é a melhor solução. Em até 70% dos casos, apenas com a castração, já ocorre a redução da próstata em aproximadamente de 90 dias.

FIQUE ATENTO! 

O câncer de próstata ocorre em animais com idade mais avançada, entre 7 e 15 anos, não tem raças pré-dispostas e é mais comum nos cães que nos gatos. O câncer de próstata é grave e diagnosticar a doença no início é a melhor maneira de trata-la. O ideal é que cachorros a partir dos 7 anos sejam levados ao veterinário anualmente para avaliação da próstata, que inclui: o toque retal e ultrassom abdominal.

Os principais sintomas do câncer são:

  • dor abdominal;
  • prisão de ventre;
  • fezes em formato de fita (achatadas);
  • dificuldade para urinar ou urina por gotejamento;
  • aumento na frequência urinária, e
  • presença de sangue ou pus na urina.

 

Segundo o nosso Oncologista Veterinário Plínio Araujo, castrar é, além de tudo, um ato de amor!

Clique aqui e conheça o nosso projeto castração!

Traga o seu bichinho no HPMV! Possuímos todos os equipamentos e corpo técnico para diagnosticar precocemente seu animal e tratar o câncer ou outras doenças na próstata. Agende um horário com o nosso Oncologista!

Central de Atendimento: 3180-0154.

Dr. Plinio Araujo – CRMV 8070.