DOENÇA DO CARRAPATO: SAIBA COMO PREVENIR E TRATAR SEU ANIMAL

Se você tem pet em casa, com certeza, uma das suas preocupações são com os carrapatos que seu animal pode contrair ao longo da vida. Além do incômodo que esses parasitas sanguíneos podem trazer para o seu pet, como coceiras e feridas na pele, alguns destes bichinhos podem transmitir a Erliquiose (Erhlichia canis) e a Babesiose (Babesia canis) popularmente conhecidas como “Doença do Carrapato”.
Pensando nisso, conversamos com nossa veterinária Bruna Barreto – CRMV 14395, que nos deu algumas dicas de como prevenir e tratar seu animalzinho que foi contaminado com a doença do carrapato.

ENTENDA O CASO

“A doença ocorre quando um ou mais microorganismos são transmitidas pela picada do carrapato. Podendo afetar as células vermelhas e causar anemia ou atingir as plaquetas e levar o animal a ter hematomas e sangramentos.”, explicou Bruna Barreto.

O período de incubação da doença pode variar de 1 a 3 semanas e, no seu estado mais crítico, pode levar ao óbito do animal.

Esse complexo de doenças acomete os cães (gatos tem parasitas similares, mas com suas particularidades). No verão o cuidado deve ser redobrado pois é nessa época do ano que o carrapato mais se prolifera, já que eles precisam de calor e umidade para reproduzir.

SINTOMAS

Os sintomas mais comuns que podem aparecer no seu animal são:

  • Apatia
  • Febre
  • Anemia
  • Inapetência
  • Sangramento nasal
  • Petéquias (pequenos hematomas) pelo corpo

PREVENÇÃO E TRATAMENTO

“A forma mais eficaz de prevenção é usar medicações afim de evitar o contato do carrapato no corpo do animal. Essas medicações devem ser repetidas frequentemente de acordo com a indicação do produto.  Deve-se também manter a limpeza do ambiente onde o animal habita”, informou Bruna.

É importante ressaltar que caso seu animal esteja apresentando alguns dos sintomas não quer dizer, necessariamente, que ele está com a doença. Mas, a ida ao veterinário é determinante nessas horas para ter um diagnóstico preciso. Por isso, se você está desconfiando que o seu pet está infectado, traga-o para uma consulta clínica no HPMV!

Unidade Padre Miguel:
Rua Professor Clemente Ferreira, 06

Unidade Campo Grande:
Avenida Cesário de Melo, 3826

Central de atendimento
21 3180.0154