Vantagens da castração para o seu pet.

 

Não se assuste, hoje a castração é uma das cirurgias mais comumente realizadas aqui no HPMV (Hospital Popular Medicina Veterinária) no Rio de Janeiro, entendemos que há muitas dúvidas, mitos, verdades e medos em torno desse assunto.

 

Principalmente tratando de seu amigo de quatro patas.

 

A verdade é que embora seja um procedimento cirúrgico e requer cuidados especiais, trata-se de algo simples e normalmente de rápida recuperação.

 

Donos de instintos fortes, pets como cães e gatos podem apresentar comportamentos bastante intensos em função de suas naturezas.

 

Enquanto alguns tutores ainda evitam a castração por acreditarem que o processo possa fazer mal à eles, muitas vezes ignorando ou não tendo conhecimento de que essa cirurgia pode trazer uma série de benefícios para a vida e a saúde dos animais.

 

O HPMV entende o seu pensamento, caso seja esse, mas é equivocado. Pois, castrar animais domésticos não é somente bom para eles, como também é fundamental para mudarmos a triste realidade de milhões de animais abandonados no Brasil.

 

Sim, infelizmente diversos animais que hoje estão na rua, já tiveram uma casa quente e confortável.

 

Contudo as pessoas os abandonam por nascerem de uma ninhada indesejada, alguma doenças nos quais os tutores não conseguem ou não querem realizar o tratamento. Existem muitas causas para esse problema.

 

A Castração.

 

Antes de dar o “ok” para a castração de seu pet, é necessário realizar alguns exames. É levado em consideração a idade do animal, o seu histórico de saúde e as condições financeiras do tutor.

 

Em campanhas de castração é comum que seja feito apenas um exame clínico, como análise geral do paciente para saber se ele está apto ou não.

 

Animais debilitados, enfermos ou com baixo peso não devem ser submetidos à cirurgia. A não ser que exista indicação para isso.

 

É comum que as fêmeas desenvolvam algumas infecções no útero como, a Piometra e a Hemometra. Em casos como esses, mesmo que a cadela ou gata esteja bem doente, é aconselhável que seja operada.

 

Por conta disso, exames pré-operatórios são extremamente importantes para atestar a condição de seu amigo. Durante a operação ele irá passar por sedação e anestesia, sem contar com o pós-operatório.

 

Os exames de sangue e eletrocardiograma são realizados aqui no Hospital Popular. Eles são testes que servem para atestar se o pet pode ser submetido de forma segura a castração. 

 

A Cirurgia.

 

Hoje em dia, existem diferentes técnicas para castrar um cachorro ou gato e isso varia de acordo com o cirurgião veterinário que irá realizar o procedimento.

 

De uns tempos para cá, é bem comum que optem por métodos não muito invasivos, com incisões bem pequenas e pontos quase imperceptíveis.

 

Para ser castrado, o pet deve estar sob anestesia geral e a escolha do anestésico também depende de alguns fatores.

 

Basicamente, podemos escolher entre opções injetáveis e inalatórias – essa opção é mais habitual e garante que seu amigo acorde mais rápido ao final do processo.

 

O esperado depois de uma cirurgia de castração, é que o pet fique por algumas horas no local até se recuperar.

 

É possível que ele deva ser medicado em casa por alguns dias. Mas alguns veterinários utilizam medicamentos de longa duração que tiram essa obrigação do tutor.

 

Castração de Fêmeas.

 

Em cadelas e gatas, a castração consiste na retirada do útero e ovários.

 

Isso pode ser feito por uma incisão no abdômen que varia de tamanho. 

 

Técnica do Gancho.

 

A Técnica do Gancho, é uma das mais difundidas atualmente. É feito um corte de poucos centímetros e com o auxílio de um gancho cirúrgico o médico veterinário acessa os órgãos reprodutores e os puxa, fazendo a retirada.

 

Quando o processo é feito manualmente, sem o uso do gancho, a diferença básica está apenas no tamanho da incisão e na quantidade de pontos.

 

Pontos na Parede Abdominal.

 

Pontos na parede abdominal (musculatura) e na pele são feitos ao final. Geralmente  são em pouca quantidade e na maioria dos casos, não há a necessidade de retirá-los. 

 

Castração de Machos.

 

Na castração feita em cachorros e gatos, os testículos do animal é retirado.

 

A incisão é pequena, de modo que possam tirar um testículo por vez. 

 

Os pontos costumam ser de um a três, mas há também a opção do médico veterinário em optar por não fazer pontos externos.

 

Pele Pós-castração:

 

Há variações sobre como será a apresentação da pele que recobria os testículos após a castração.

 

Alguns médicos mantém a pele, a deixando no local de origem, mas sem nenhum conteúdo dentro, outros optam por retirá-la, fazendo com que não fique evidente nada no local.

 

Cuidados Pré-castração:

 

O médico veterinário costuma pedir um período de 12 horas de jejum antes da cirurgia. Isso, na verdade, garante a segurança dele durante o procedimento.

 

De estômago cheio, os pets podem vomitar ou regurgitar. Como estão anestesiados, uma ocorrência como essa pode colocar sua vida em risco.

 

Ao fazer com que o alimento retorne, estando numa posição não convencional e sem os reflexos naturais do corpo, o animal pode aspirar o conteúdo.

 

Isto faz o que é conhecido como “falsa via”, e a comida e água acaba indo parar no pulmão. 

 

Não é raro quadros graves de pneumonia e outros tipos de complicação por conta disso, por isso é tão importante respeitar o período de jejum pedido pelo médico do seu cão ou gato.

 

Durante o procedimento os animais recebem soro, para corrigir qualquer possível desidratação.

 

Por este motivo é muito comum que seu pet não queira comer no dia da castração mesmo com o jejum e quando se recuperarem totalmente da anestesia.

 

  • Dica: Manter o ambiente de sua casa calmo antes de tudo também é fundamental. Evite passar a sua ansiedade e seus receios para seu amigo.

 

Cuidados Pós Castração:

 

Depois de ser castrado, é bem possível que seu pet se comporte como se nada tivesse acontecido. 

 

Os animais se recuperam bem mais rápido do que nós das cirurgias, por isso, é preciso um cuidado redobrado.

 

  • Aviso HPMV: Por mais que seu cachorro ou gato mostre se sentir super bem, você precisa lembrar que ele está recém-operado e com pontos. Apesar de às vezes não visíveis por fora (na ausência de sutura externa), os pontos internos são sempre feitos e podem romper caso o peludo não pare quieto.

 

Evite que ele pule ou faça muitas estripulias nos primeiros três dias depois da cirurgia. 

 

  • Dica: Caminhadas e passeios comuns podem ser realizados, mas atividades intensas precisam ser pausadas neste período. Mas tudo irá depender do que o veterinário do Hospital Popular no Rio de Janeiro recomendar.

 

  • Possíveis Riscos: Quando há o rompimento da sutura, podem ocorrer hérnias e outros problemas que requerem uma nova cirurgia, desta vez de emergência. Isso acaba complicando o quadro, comprometendo sua recuperação.

 

O uso de colar Elizabetano, conhecido como “cone”, pode ser uma necessidade se o seu pet tem a tendência a lamber o local com frequência e/ou se ele tenta mexer no local da incisão.

 

Não é raro que os animais retirem os pontos pouco depois da operação, influenciando no resultado de seu pós operatório.

 

Vantagens de Castrar seu pet no Hospital Popular do Rio de Janeiro.

 

Contamos com especialistas em diversas áreas, para o melhor acolhimento de seu pet, com espaços apropriados em 05 Hospitais Populares.

 

Localizados em: Campo Grande, Tijuca, Realengo, Barra da Tijuca e Del Castilho com disponibilidade 24 horas.

 

Com esta estrutura, proporcionamos o melhor atendimento em antes, durante e depois da castração, obtendo os melhores resultados esperados.

 

Juntamente com o melhor para você, tem suas vantagens para a vida de seu amigo, como:

 

Diminuição do Hábito de marcar território.

 

Como você sabe, uma das principais características dos machos é demarcar o território com xixi.

 

Para cachorros filhotes ou adultos, a castração os ajuda a diminuir esse hábito.

 

Nos mais velhos, o costume não vai se extinguir completamente, por já ter aprendido a demarcar território, mas pode diminuir consideravelmente.

 

Passeio mais Tranquilo.

 

 

Além de marcar território, em passeios na rua, o seu animal deve parar em quase todos os postes para fazer as suas necessidades.

 

Pode ocorrer também de machos indo atrás das fêmeas, puxando a coleira. Se ele for de porte grande, pode acabar fazendo com que o tutor caia no chão, assim se machucando.

 

A castração pode ajudar nisso! 

 

O cachorro castrado não tem a necessidade de marcar território e nem correr atrás de fêmeas, pois não disputará nada com outros machos. Desse modo, o passeio se torna muito mais agradável tanto para você, quanto para o seu cachorro.

 

“Instinto Animal” Preservado.

 

Não se preocupe, não irá alterar em nada o comportamento e os instintos caninos.

 

Muitos tutores pensam que ele ficará mais agressivo, agitado ou estressado pelo fato de não poder mais se reproduzir.

 

Muito pelo contrário, cachorros castrados ficam ainda mais dóceis e querem ficar mais perto ainda dos tutores.

 

Machos têm menos chances de terem tumores.

 

Castrar seu cachorro evita que apareçam tumores nos testículos e minimiza tumores na próstata.

 

Os que são castrados apresentam uma enorme diminuição no risco de desenvolvimento de algum tumor na próstata e durante o procedimento, anulam a possibilidade de desenvolvimento de tumores.

 

Fêmeas ficam menos propensas a terem câncer (Neoplasia).

 

Pesquisas comprovam que fêmeas que realizam a castração, têm menor chance de desenvolverem tumores cancerígenos nas glândulas mamárias, em comparação com as que não foram castradas.

 

Outros motivos para castração:

 

Fêmeas:

 

  • Evita gravidez indesejada, principalmente quando se tem um cachorro macho em casa;
  • Evita Piometra (infecção no útero);
  • Evita gravidez psicológica e suas consequências como infecção das mamas;
  • Evita que a fêmea fique no cio;
  • Evita a transmissão de doenças geneticamente transmissíveis como epilepsia, displasia, entre outras.

 

Machos:

 

  • Evita que o cachorro fuja;
  • Evita o constrangimento do seu cachorro ficar agarrando em pernas ou braços de visitas;
  • Evita agressividade por excitação sexual constante;

 

Mitos e Verdades da Castração de Cães e Gatos

 

 

É frequentemente visto no HPMV, pessoas chegando com informações erradas e com crenças incorretas sobre o procedimento.

 

O principal intuito deste artigo, é entregar o máximo de conteúdo relevante e verdadeiro aos tutores.

 

Para isso iremos desmistificar alguns mitos populares:

 

Todo animal castrado engorda?

 

Ao ser castrado, acontece a desregulação nos hormônio. Isso faz com que tenha a diminuição na capacidade de queima de gordura, podendo ou não ter acúmulo da mesma.

 

Portanto, é muito importante estimular o seu pet a uma vida de exercícios aliada com uma boa alimentação. Passando a fase do pós cirúrgico, é recomendado que esses hábitos sejam mantidos.

 

Caso não tenha esta rotina, é preciso ter cuidado redobrado à alimentação. No Hospital Popular de Medicina Veterinária, possuímos Endocrinologista para ajudar o seu pet a manter o peso. 

 

Fêmeas precisam ter a primeira cria?

 

Quanto o tutor(a) permite que a fêmea entre no cio, assim como ter a cria, maior será a possibilidade dela ter de câncer de mama e de útero.

 

O mais indicado é que a castração seja feita antes do primeiro cio, assim reduzindo drasticamente a possibilidade de ter tumores.

 

Veterinários comprovam que, 99% das cadelas que fazem a cirurgia antes de terem o primeiro cio, não desenvolvem a doença.

 

Já em gatas, as taxas são entre 40% a 60% de redução de terem câncer de mama.

 

Animais vivem mais com a castração?

 

Sim, devido às diversas prevenções de doenças como vistas neste artigo.

 

Então, podemos concluir que, a castração salva e prolonga a vida de seu animal.

 

Doenças Sexualmente Transmissíveis

 

Quando o assunto é castração, é comum termos a preocupação com o ganho de peso do animal, filhotes, desenvolvimento de câncer de mama, entre outros.

 

Pois, fique sabendo que DST não é uma exclusividade dos humanos. Cachorros também podem ser vítimas de doenças terríveis como Brucelose e Tumor Venéreo Transmissível (TVT).

 

A Brucelose é causada por uma bactéria, que pode ser transmitida até mesmo para os humanos. Caso a pessoa tenha contato com a secreção das partes genitais do cão.

 

Ela é menos comum que a TVT e para o tratamento é utilizado antibióticos.

 

O Tumor Venéreo Transmissível (TVT), é causado por um vírus que provoca um grave tumor.

 

Podendo pegar no nariz ou boca. Ele sangra bastante e desenvolve metástase rapidamente.

 

Castrar é um ato de amor.

 

Por mais cuidadoso que a pessoa seja com o animal, dificilmente ela será totalmente capaz de prevenir que ele fuja e procrie com outros.

 

Quando situações como essa acontecem, é difícil garantir que todos os filhotes sejam doados a pessoas que não irão abandoná-los ou reproduzi-los de forma irresponsável.

 

Infelizmente a maioria dos mais de 30 milhões de cães e gatos que vivem nas ruas, já teve um lar, mas hoje sofrem diariamente.

 

Em sete anos, uma gata não castrada juntamente com os seus filhotes podem gerar cerca de 370 mil novas vidas.

 

Castrar sai MUITO mais barato.

 

Agora pensando mais em você tutor(a) financeiramente.

 

O que deve custar caro, uma cirurgia simples ou os cuidados que uma ninhada de filhotes requer?

 

Pensando financeiramente em você e sabendo dos benefícios que trará ao seu amigo, oferecemos a cirurgia de castração a preço popular no Rio de Janeiro.

 

O HPMV conta com a parceria da Vetmais, disponibilizando um Plano de Saúde Veterinário, sendo:

 

  • Plano completo mais barato do mercado;
  • Único com 05 hospitais no Rio de Janeiro;
  • Uso sem restrições de frequência.

 

Além da castração, economiza em outros diversos fatores como:

 

  • Vacinas;
  • Doenças.

 

Onde Castrar meu Cachorro no Rio de Janeiro?

 

Não somente seu cachorro, mas também é realizada a castração de seu gato.

 

No Hospital Popular de Medicina Veterinária, contamos com uma estrutura formada por 05 hospitais com atendimento 24 horas. Estes localizados:

 

  • Barra da Tijuca;
  • Realengo;
  • Campo Grande;
  • Tijuca;
  • Del Castilho

 

Temos profissionais de diversas áreas para realizar consultas e os exames necessários. Desse modo, todas as etapas da castração podem ser realizadas por nossos profissionais.