puppy-2208365_1920

Nessa Páscoa, não dê chocolate para seu pet

Quem tem animal em casa sabe que na hora das refeições nossos amiguinhos sentem o cheiro de comida e, ás vezes, ficam em cima para conseguir algum lanchinho.

Em alguns casos, por não termos conhecimento suficiente, acabamos sucumbindo às investidas deles e damos algumas comidinhas para os “pidões”. Mas, nessa Páscoa, não sucumba àquela carinha de quem tá passando vontade que eles fazem, chocolate é um veneno para os nossos bichinhos de estimação!

Conheça os perigos

Muitos alimentos que fazem parte da alimentação normal dos humanos fazem mal para o organismo dos animais. No caso do chocolate, o vilão é a teobromina, substância tóxica, que é metabolizada facilmente no nosso organismo mas que para os pets, em geral, faz um mal danado e pode levar a intoxicação.

Sintomas de intoxicação

  • Vômito;
  • Diarreia;
  • Beber muita água e urinar bastante;
  • Alterações cardiológicas;
  • Tremores;
  • Respiração ofegante.

Ao notar qualquer um desses sintomas após o animal ter ingerido algum alimento inadequado, traga-o para o HPMV para uma consulta clínica. A intoxicação alimentar deve ser tratada com acompanhamento do médico veterinário sempre!

A consulta clínica não necessita de agendamento!
Atendimento de 8h às 23:59h.

Unidade Padre Miguel
Rua Professor Clemente Ferreira, 06

Unidade Campo Grande
Avenida Cesário de Melo, 3826

Mas, o chocolate não é único vilão da história. Alimentos como: leite, abacate, alho e cebola estão na lista negra da alimentação dos bichos de estimação. Cebola, inclusive, pode causar anemia grave e levar o animal até a óbito.

Mas existe chocolate próprio para animal?

Sim, existem algumas preparações similares a chocolate que são próprias para os animais. Por isso, caso deseje presentear seu pet nessa Páscoa, procure um desses produtos próprios para o consumo animal.

Colaborou com esta matéria Rafael Torres, CRMV-RJ 9264.